terça-feira, novembro 03, 2009

SPLEEN

Sou como um rei sombrio na melhor terra do mundo,
Rico mas incapaz, jovem mas moribundo,
Tudo é belo e nada me satisfaz
Toda a carne me é fugaz.
Não acho graça de nada nem no meio das riquezas,
Nem em uma boa bebida, nem em grandes proezas.
Nada me agrada e me faz sorrir
Nem a mulata em seu ir e vir
pode tornar irreverente
esse peito pobre e doente.
Em minhas veias não corre sangue, nem sorte
Corre as densas águas negras da morte
.

6 comentários:

  1. vc é o meu charles b., tô rindo aqui sozinha, tudo a ver contigo, não sei se prá vc é elogio, pra mim é muito, sou fã demais!!!!

    ResponderExcluir
  2. demais!! esplendido! hehehehe!! amei, quanto ritmo!!

    ResponderExcluir
  3. Já vou embora/mas sei que vou voltar/Amor não chora/Se eu volto é pra ficar

    Amor não chora/que a hora é de deixar/O amor de agora/ pra sempre ele ficar

    Eu quis ficar aqui mas não podia
    O meu caminho a ti não conduzia
    Um rei mal coroado não queria o amor em seu reinado
    Pois sabia não ia ser amado

    Amor não chora eu volto um dia
    O rei velho e cansado já morria
    Perdido em seu reinado
    Sem Maria
    Quando eu me despedia
    No meu canto lhe dizia

    ResponderExcluir
  4. Resultado da primeira enquete:
    Amor de pica FICA!

    Resultado da segunda enquete:
    O que acontece com a morte?
    Só morremos quando a última pessoa que tiver uma lembrança nossa também morrer.

    ResponderExcluir
  5. This is a very nice blog... I can see that you put a lot of heart on your posts, that's why I'm sure I'd visit here more often. Anyway, if you have time, you can visit my blog as well, Abstract Art Painting / Buy Abstract Art. See yah!

    ResponderExcluir